Ciências da Educação


Ciclos de estudos
O curso é ministrado em ambos os ciclos. O primeiro ciclo pretende oferecer um tronco comum, com quatro variantes (Educação Especial [EDE]; Educação / Formação de Adultos [EFA]; Desenvolvimento Curricular e Didáctica [DCD]; Educação Artística [EDA]), abrindo vias para um curso de 2º ciclo que aprofunda os conhecimentos científicos em cada uma das vertentes, atendendo à sua especificidade, objectivando os estudos.

Admissão ao curso
A admissão ao curso, no seu 1º ciclo, rege-se pela regra geral prevista na Lei nº 27/2009 de 29 de Setembro, aberto a todos os discentes com habilitação ao nível da 12ª. O acesso ao segundo nível carece da obtenção do grau do 1º ciclo desta instituição ou por reconhecimento de grau equivalente aos estudos do 1º ciclo.

Objectivos e perfil de saída
As Ciências da Educação são uma área interdisciplinar do conhecimento que tem vindo a ganhar espaço e autonomia no contexto universitário. Pretende-se com este curso
– Criar oportunidades para a formação de técnicos superiores no âmbito do Planeamento Curricular, da Educação e Formação de Adultos, Educação Artística e da Educação Especial
Qualquer um dos domínios, em causa, tem vindo a ser objecto de preocupação a nível dos serviços ministeriais; implicam todos eles
– Pensar a formação de professores, vertente à qual se dá atenção, num âmbito mais abrangente, não esquecendo a especificidade de cada um dos domínios em estudo, que se tornam objecto de estudo mais aprofundado, no 2º ciclo.

Portanto, estes objectivos determinam que a nível do 1º ciclo surjam disciplinas focalizadas nas variantes que darão origem a diferentes cursos do 2º ciclo:

Variante Desenvolvimento Curricular e Didáctica
Trabalho técnico e de coordenação que prepara para a inovação curricular tendo em vista dar respostas eficazes, numa sociedade que exige
(i) uma actualização constante de conhecimentos;
(ii) diagnósticos precisos e objectivos das necessidades que se impõem no mundo da educação e na sociedade;
(iii) a reformulação de conteúdos;
(iv) a adequação das aprendizagens aos diferentes contextos;
(v) a aplicação de estratégias motivadoras.

Variante Educação / Formação de Adultos
Trabalho técnico e de coordenação em áreas de confluência de ambientes formais, não formais e informais, que exigem conhecimentos e competências que viabilizem a elevação dos níveis de habilitação escolar e profissional da população adulta, através de uma oferta integrada de educação e formação que potencie as suas condições de empregabilidade, tendo em vista
(i) rentabilizar as competências adquiridas ao longo da vida e
(ii) actualizá-las, num mundo em que a mutabilidade dos conhecimentos é uma constante.

Variante Educação Especial
Trabalho técnico e de coordenação em áreas de risco, para o qual se exigem saberes e competências que capacitam e preparam para várias funções profissionais, em particular as que se centram na criança e no adolescente com dificuldades de aprendizagem e/ou necessidades especiais, promovendo condições de aprendizagem, de educação inclusiva, apoiando-se na rede de serviços que a assistem e prestando apoio à família.

Variante Educação Artística
Trabalho técnico e de coordenação em projectos que exijam uma intervenção de natureza cultural, que se centre na salvaguarda do Património Artístico, das Expressões Artísticas e da Museologia, a nível local, regional e nacional, projectando a singularidade da Arte Moçambicana a nível internacional, particularmente em países de África e países de expressão portuguesa, procurando também cooperação e apoio à gestão de culturas organizacionais.

Plano curricular: Ciências da Educação